topbella

domingo, 26 de maio de 2013

Além das palavras ^^

Olá, meninas



Vamos logo ao que nos interessa, em uma pesquisa que estava fazendo aqui pro blog, encontrei esse texto com autoria desconhecida e gostei logo de cara. Ele trás uma verdade, uma emoção, uma sinceridade que me chamou muuuita atenção, bora conferir? 

"Madrugada (02h23). Saudade de você. Engraçado como era importante para mim só poder te dizer o quanto te amo - ainda te amo - mesmo depois de tanto tempo sem te ver, sem te ouvir, olhando fotos e sonhando contigo... Como te amo. Sinto sua falta em tudo, sabia? Em todos os lugares. Essa semana comecei a trabalhar, você teria orgulho de mim, é um trabalho muito bom, estou evoluindo, como você sempre quis, estou me tornando “alguém”, como você sempre dizia. Quando consegui esse trabalho quase te liguei pra contar, aí me toquei que você não me atende mais, não quer saber de mim mais. Ta um pouco fria a noite, eu deito na cama e fico te procurando pra me aquecer, sabe? Aí sonho com você e quando acordo e abro os olhos, te procuro e você não está ali. Nossa... É como morrer um pouquinho.
Aliás, tenho morrido um pouco desde aquele dia em que você me mandou embora da sua vida.
Hoje eu vi uma criança e ela era tão linda, fiquei pensando no filho que íamos ter no futuro, pois foi sempre o nosso sonho.
Choro muito quando penso no sonho que me tive estando grávida do nosso bebezinho, eu queria muito nosso filho, carinha dele perfeita, iria ser o dia mais feliz da minha vida foi quando você me pediu pra ter um filho, lembra? Acho que não, NE? Deixa pra lá.
Eu tenho ido à igreja, aquela que te chamei e você não quis ir comigo. Eu vou direto, tenho buscado muito a Deus, teve um dia que eu estava pensando em me matar, porque estava muito triste, cansada de sentir sua falta, mas aí fui até à igreja e chorei muito, aquela angústia sumiu, graças a Deus.
A tristeza ainda é forte, mas agora sei que não devo morrer, a menos que Deus decida assim. Lembro dos ciúmes que você tinha de mim e que ainda hoje tem, não sei por que você ainda nega isso de você.
Quando saiu de casa, fiquei uma semana sem conseguir sair, tava muito ruim, chorava e gritava feito uma louca, mas agora só choro quando estou sozinha, quando vejo tuas fotos. Vou parando por aqui, é tarde e estou com sono, vou "mimi" um pouco e sonhar com você. Te amo, não duvide e não esqueça disso! (Lembra?!)".


Acho que não preciso nem explicar o porque que gostei dele e nem os motivos que me fizeram postá-lo aqui. Garanto que muita gente se identificou. 

Foi isso aí, amores
Beijos, até a próxima :*

6 comentários :

Fernanda Reis disse...

Nossa!!! Bem profundo. Bonito! Mas não me identifiquei não, me recuso a ficar assim por alguém que não me quer! risos!!

Te seguindo flor

beijos no ♥
assortudas.blogspot.com.br

Blog da Manu ♥ ; disse...

O texto esta bem ''tirado do fundo do peito'', mas é como o comentário de Fernanda... A vida é muito curta para perder tempo com quem não quer te pegar! rsrsrsrsrsrs Beijos

Débora Santos disse...

Fernanda, Obriigada pela visita e por seguir
Amei teu blog e estou seguindo ele..
Por incrivel que pareça eu concordo com vc, eu me identifiquei com esse texto, mas com o que aconteceu no passado, agora, no presente, estou bem "banda-vuou" kkkkkkkkkkkkkk

Débora Santos disse...

Manu, obriigada pela visita ^^
Mas, enfim, como eu disse no cometário acima, foi passado.. kk
E hj eu tô tão nem aí pra nada
hahaha
Beijos, flor ♥

Crislane Passos disse...

Emocionante, de verdade, adorei.

Débora Santos disse...

Obriigada Criis

Postar um comentário